Banca de DEFESA: LEONARDO FAUSTINO LACERDA DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEONARDO FAUSTINO LACERDA DE SOUZA
DATA : 30/06/2022
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/ndp-zuxm-jar
TÍTULO:

Concentrador Linear Fresnel Aplanático


PALAVRAS-CHAVES:

aplanático; linear Fresnel; concentrador solar


PÁGINAS: 114
RESUMO:

O concentrador linear Fresnel aplanático (CLFA) é descrito como um novo projeto óptico adequado às usinas de termelétricas solares. O projeto final é composto por espelhos primários cilíndricos e um conjunto secundário/absorvedor totalmente estacionário. Mostrou-se que ele é capaz de atingir os altos fatores de interceptação das calhas parabólicas convencionais em alta concentração, enquanto oferece os benefícios práticos e de baixo custo dos concentradores lineares Fresnel. Por exemplo, projetos práticos de CLFA atingiram fatores de interceptação tão altos quanto 0,84 em valores de concentração de aproximadamente 26. Uma metodologia para quantificar analiticamente as perdas inerentes não só ao concentrador proposto, mas a qualquer LFR, em função da variação do ângulo de incidência transversal (θt) e longitudinal (θL) foi desenvolvida. Com isto, toda as informações necessárias à análise completa do CLFA são fornecidas. O fator de interceptação transversal e longitudinal foi descrito, possibilitando a estimativa diária e anual de energia coletada. Uma equação de transformação que permite reduzir a área de perdas entre espelhos (perdas para o solo) é apresentada; quantifica-se também a região de perdas por bloqueio resultante desta transformação. As perdas para o solo, por sombreamento do concentrador secundário, bem como o sombreamento entre espelhos adjacentes, são quantificadas usando o conceito de frente de onda efetiva, que estima a quantidade de energia que ingressa na abertura do concentrador em função do ângulo de incidência. A análise das perdas por rejeição de raios e dispersão permitiu quantificar os raios refletidos pelos espelhos primários que: (1) não entram na abertura do secundário, ou que (2) entram na abertura secundária, mas não são absorvidos. Considerando uma distribuição de brilho constante com semiângulo total θs = 9mrad, a modelagem analítica das perdas validadas através de traçado de raios permitiu a avaliação de dois extremos de projeto: CLFA {-1; -0,1} com C = 50, e CLFA {-2,2; -0,03} com C = 35, este último obtendo melhor desempenho. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1130735 - CHIGUERU TIBA
Externo à Instituição - EMERSON TORRES AGUIAR GOMES
Externo à Instituição - JOSÉ BIONE DE MELO FILHO
Externo à Instituição - MANOEL HENRIQUE DE OLIVEIRA PEDROSA FILHO
Externo à Instituição - NAUM FRAIDENRAICH
Interna - 1548259 - OLGA DE CASTRO VILELA
Notícia cadastrada em: 28/06/2022 11:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01.ufpe.br.sigaa01