Banca de DEFESA: JONATHAN CARVALHO DE FARIA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JONATHAN CARVALHO DE FARIA
DATA : 04/05/2022
HORA: 09:30
LOCAL: Remota
TÍTULO:

Ruy Mauro Marini, um resgate histórico-teórico-militante: balanço histórico das categorias dependência, superexploração da força de trabalho e subimperialismo


PALAVRAS-CHAVES:

Ruy Mauro Marini; Teoria Marxista da Dependência; Dependência; Superexploração da Força de Trabalho; Subimperialismo.


PÁGINAS: 134
RESUMO:

Este trabalho tem como objetivo entender a evolução da categoria dependência, superexploração da força de trabalho e ao longo da produção intelectual de Ruy Mauro Marini. Para dar conta deste processo, iniciamos a pesquisa com um resgate histórico da vida, militância e produção intelectual deste autor, que é um dos principais nomes da Teoria Marxista da Dependência. Com base neste resgate histórico, na pesquisa no acervo de suas obras do portal da Universidade Autônoma do México (UNAM) e de materiais publicados no Brasil, selecionamos alguns textos que representam boa parte dos principais textos que abordam as categorias que pretendemos analisar. A partir deste resgate histórico, realizamos o recorte das análises do autor em dois momentos. O primeiro, através das obras Subdesenvolvimento e Revolução e Dialética da Dependência, representam uma fase de consolidação e síntese da base teórica das categorias estudadas. Em seguida, selecionamos alguns textos que representam uma evolução ou mudança da determinação das categorias estudas na década de 1970, e pontualmente, mas mantendo a representatividade dos respectivos períodos, nas décadas de 1980 e 1990. Com base nessas análises, percebemos que as categorias estudadas, ao longo da vida de Marini, vão se complexificando na medida que esta vai se saturando de determinações e ao paço do desenvolvimento econômico da época. Percebemos também como que estas três categorias estão intimamente ligadas entre si e como estas são frutos de um esforço em apreender teoricamente a formação sócio-econômica desenvolvimento capitalista na América Latina e, em especial no Brasil. Por fim, ao fazer o resgate histórico da vida do autor e do contexto em que cada uma das obras se situa, pudemos observar o quão íntimo sua vida teórica e profissional esteve ligada com a sua militância e com a necessidade da revolução enquanto um instrumento de emancipação da classe trabalhadora.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 3346274 - DAVID WALLACE CAVALCANTE DA SILVA
Externa ao Programa - 1851970 - EVELYNE MEDEIROS PEREIRA
Presidente - 1172495 - MARCO ANTONIO MONDAINI DE SOUZA
Notícia cadastrada em: 03/05/2022 09:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01.ufpe.br.sigaa01