Banca de DEFESA: EVANDRO PEREIRA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EVANDRO PEREIRA DA SILVA
DATA : 28/02/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Webconferência (Google Meet) Link: meet.google.com/ibh-zxbf-tra
TÍTULO:

Utilização de tecnologias digitais na educação: contribuições para a inclusão digital dos jovens atendidos em uma Unidade de Tecnologia na Educação e Cidadania do Recife


PALAVRAS-CHAVES:

Tecnologias Digitais. Inclusão Digital. Cidadania.


PÁGINAS: 115
RESUMO:

A utilização de Tecnologias Digitais na educação contribui com o desenvolvimento de diversas habilidades, consciência crítica, empoderamento dos sujeitos, bem como, facilitam a aprendizagem e funcionam como importantes instrumentos de mobilização social (SILVEIRA, 2008; KENSKI, PLETSCH et al, 2020; LEMOS, 2005; entre outros). Este trabalho investigou as contribuições do uso de Tecnologias Digitais, para a inclusão digital dos jovens atendidos em uma Unidade de Tecnologia na Educação e Cidadania situada na capital pernambucana. Para dar conta dos objetivos propostos nesta pesquisa, realizamos um estudo de caso sobre a unidade de tecnologia instalada no Centro Comunitário da Paz do bairro Alto Santa Terezinha, em Recife. Foram escolhidos como sujeitos da pesquisa, jovens entre 15 e 29 anos de idade moradores do referido bairro e circunvizinhanças, que concluíram com aproveitamento algum curso ofertado pela unidade de tecnologia em tela, nos anos de 2019 e 2021. O tratamento dos dados coletados em campo foi ancorado na Análise de Conteúdo de Bardin (1997). Através deste estudo, constatamos que as contribuições do uso de Tecnologias Digitais para a inclusão digital dos jovens, perpassam aspectos sociais, técnicos e econômicos de suas vidas. As contribuições do uso de Tecnologias Digitais na unidade de tecnologia estudada, identificadas neste trabalho foram: elevação da autoestima dos jovens, construção de sua autonomia, desenvolvimento do pensamento crítico-reflexivo, desenvolvimento socioemocional, aquisição de conhecimentos sobre educação financeira, conhecimentos sobre o uso de TD’s, construção de competências digitais, formação e desenvolvimento profissional. Apreendemos também, que o uso destas tecnologias deve ser acompanhado pela renovação das práticas educativas, reestruturação física das escolas, oferta de formação inicial e continuada que prepare o professor para tal uso, garantia do desenvolvimento cognitivo dos educandos e construção de sua autonomia. Por fim, concluímos que o modelo da unidade de tecnologia ora investigada, deve ser replicado para as escolas regulares, por ser um exemplo eficiente de promoção de inclusão digital e social através da utilização de Tecnologias Digitais na educação.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1808601 - MARCELO SABBATINI
Interna - 1743037 - THELMA PANERAI ALVES
Externa à Instituição - BETANIA MACIEL - ESUDA
Notícia cadastrada em: 15/02/2023 12:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa05.ufpe.br.sigaa05