Banca de DEFESA: LUIGGI CANARIO CABRAL E SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUIGGI CANARIO CABRAL E SOUSA
DATA : 27/04/2022
HORA: 14:00
LOCAL: POR VIDEO CONFERENCIA
TÍTULO:

COMUNIDADES QUILOMBOLAS E AGROECOLOGIA: O SABER DOS POVOS TRADICIONAIS NA PRESERVAÇÃO DA CAATINGA.


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras chaves: Educação Ambiental; Caatinga; Saber Empírico; Quilombo.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

O conhecimento sobre as comunidades tradicionais e suas heranças culturais nos permite conhecer a vivência e a história, dos mais variados povos, integrando assim os saberes e moldando uma percepção cultural para dentro da sociedade, enfatizando a importância da valorização do conhecimento das comunidades. A Agroecologia é uma ciência integradora e detentora dos mais diversos ramos das ciências, quando falamos de comunidades tradicionais, educação popular, ambiental e a conservação integramos todos os sistemas e todos os tipos de conhecimento, é isso que a agroecologia nos proporciona. A associação de práticas e a construção de um saber popular proporcionado por heranças culturais faz com que a agroecologia busque caminhos que unifiquem atividades e pensamentos tanto no campo quanto na cidade, tanto no laboratório, quanto nas mais diversas comunidades. No Sertão Pernambucano a realidade dos povos quilombolas é de resistência e resgate da sua cultura, a caatinga sofre com intensas queimadas, exploração devido a agricultura e principalmente ao tráfico de animais, é necessário muito mais que um projeto de educação ambiental, é necessário mostrar como as comunidades e grupos sociais que dependem desse bioma atuam com promoção de atividades que permitam aos municípios entender a importância não só histórica, não só ambiental, mas também a tradicional de cada povo. Foram realizadas entrevistas com membros e representantes de 3 comunidades quilombolas nos municípios de Belém do São Francisco – PE, Salgueiro – PE e Itacuruba – PE. Foram analisados dados que falam sobre questões sociais, atividades de preservação e agroecologia; os dados obtidos confirmam que a ação da agroecologia dentro das comunidades ajuda na preservação de parte do bioma Caatinga.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1175169 - CLAUDIO JORGE MOURA DE CASTILHO
Externa à Instituição - FLAVIA REGINA SOBRAL FEITOSA
Interna - 189.062.654-68 - REJANE MAGALHÃES DE MENDONÇA PIMENTEL - UFRPE
Externo à Instituição - RODRIGO JOSE DE GOIS QUEIROZ
Notícia cadastrada em: 05/04/2022 12:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02