PPGECCSA PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM ECONOMIA - CCSA DEPARTAMENTO DE ECONOMIA - CCSA Telefone/Ramal: Não informado

Banca de QUALIFICAÇÃO: CARLOS HENRIQUE CANDIDO DE SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CARLOS HENRIQUE CANDIDO DE SOUSA
DATA : 25/06/2022
LOCAL: Sessão Virtual
TÍTULO:

IMPACTO REGIONAL DE UMA RENDA BÁSICA UNIVERSAL NO BRASIL: pobreza, desigualdade e incidência do gasto público social


PALAVRAS-CHAVES:

Renda Básica Universal


PÁGINAS: 31
RESUMO:

A ideia de uma Renda Básica Universal (RBU) que garanta um mínimo de  subsistência é secular1. Nas últimas décadas a centralidade da implementação da  RBU se deu nas discussões em torno das mudanças no mercado de trabalho; mais  recentemente, a pandemia de COVID-19 colocou em evidência a falta de capacidade 

de garantir uma efetiva assistência e que alcançasse a todos os necessitados dos  sistemas de seguridade e proteção social vigentes, incluindo os brasileiros.  


Até se chegar ao modelo de uma proposta de renda básica cedida a todos os  cidadãos incondicionalmente, sem quaisquer requisitos ou exigências, a ideia  combinou fundamentos desenvolvidos durante três séculos (ver Figura 1). (PARIJS e  VANDERBORGHT., 2017) citam a narrativa contada no livro Utopia de Thomas More  publicado em 1516, como a pré-história da RBU: o primeiro fundamento diz respeito  a ideia de renda mínima que garantisse a todos um meio de subsistência que pudesse  evitar que as pessoas recorressem a meios que fossem prejudiciais a vida em  sociedade, como roubar. O segundo fundamento remonta a 1776, quando Thomas  


Paine publicou um panfleto intitulado Commom sense: a ideia de uma transferência  de renda incondicional a todas as pessoas independentemente da posição  socioeconômica. Enfim, a partir do século XIX, os fundamentos de renda mínima e  incondicionalidade foram unificados na ideia da Renda Básica Universal: modelo de  transferência de renda que pudesse garantir a proteção dos cidadãos contra a  pobreza e que devesse ser pago a todos. 



MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOSE RICARDO BEZERRA NOGUEIRA
Interno - 1121325 - RAUL DA MOTA SILVEIRA NETO
Presidente - 2131778 - ROZANE BEZERRA DE SIQUEIRA
Notícia cadastrada em: 25/05/2022 16:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02