Banca de QUALIFICAÇÃO: BARBARA STEFANY LIMA DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BARBARA STEFANY LIMA DA SILVA
DATA : 13/02/2023
LOCAL: ambiente virtual, plataforma google meet
TÍTULO:

CATALISADORES A BASE DE REDES METALORGÂNICAS DE MANGANÊS E MANGANÊS/COBALTO PARA PRODUÇÃO DE HIDROGÊNIO POR HIDRÓLISE DE BOROHIDRETO DE SÓDIO


PALAVRAS-CHAVES:

Redes metalorgânicas; Mn-BDC; MnCo-BDC; catálise; Hidrogênio; Borohidreto de sódio.


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Os combustíveis usados na indústria aeroespacial são atualmente matérias-primas petrolíferas de base fóssil. O combustível que pode ser usado na indústria da aviação deve apresentar uma combinação de diferentes propriedades, como alta densidade de energia, excelentes características de queima, baixa viscosidade e baixo impacto para o meio ambiente. Por este motivo, o hidrogênio tem grande potencial para ser usado como fonte de energia para essa aplicação. No entanto, há grande problemas com relação ao transporte e armazenamento de hidrogênio. Visando isso, o armazenamento químico de hidrogênio na forma de compostos simples e sua liberação sob demanda, destaca-se como uma alternativa segura e promissora de uso do hidrogênio como combustível. Para que a liberação de hidrogênio via hidrólise de compostos químicos, como por exemplo, borohidreto de sódio seja eficiente, o uso de um catalisador é indispensável. Neste trabalho, foram utilizados dois catalisadores heterogêneos à base de redes metalorgânicas monometálica Mn-BDC e bimetálica Mn/Co-BDC. Esses materiais foram testados como catalisadores na produção de hidrogênio via desidrogenação do NaBH4, utilizando o sistema de medição do volume do gás liberado por método de deslocamento de água. A eficiência do processo foi avaliada variando a temperatura de reação e a concentração do NaOH.  A presença de cobalto na estrutura resultou no melhor desempenho catalítico da rede metalorgânica MnCo-BDC comparando com a rede monometálica de Mn-BDC (taxa de produção de hidrogênio HGR = 297 mL min-1 g cat-1 vs. 41,25 mL min-1 g cat-1, para MnCo-BDC e Mn-BDC, respectivamente). O catalisador bimetálico também proporcionou menor energia de ativação para a reação de hidrólise do NaBH4. A temperatura teve um impacto positivo na atividade catalítica para ambas as amostras.

A adição do NaOH no sistema, apesar de não modificar a eficiência geral da reação, levou ao aumento significativo do HGR (231%). O catalisador mais promissor, MnCo-BDC foi avaliado em função da vida útil, apresentando mesma eficiência de geração de hidrogênio após 5 ciclos, e com baixa redução no valor de HGR, sendo um promissor catalisador para geração de hidrogênio via hidrólise do NaBH4.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2163324 - JOANNA ELZBIETA KULESZA
Interno - 1754300 - BRAULIO SILVA BARROS
Interno - 1810494 - KLEBER GONCALVES BEZERRA ALVES
Notícia cadastrada em: 10/01/2023 15:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa04.ufpe.br.sigaa04