Banca de QUALIFICAÇÃO: JEDAIAS JANUARIO DA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JEDAIAS JANUARIO DA SILVA
DATA : 31/08/2023
LOCAL: Remoto - Google Meet
TÍTULO:

Desenvolvimento de revestimentos super-hidrofóbicos eletrodepositados de níquel sobre liga de alumínio aeronáutico para aumento da resistência à corrosão e ao desgaste


PALAVRAS-CHAVES:

Revestimentos Super-Hidrofóbicos; Eletrodeposição de Níquel; Nanotubos de Carbono Multiparedes; Ligas de Alumínio Aeronáutico AA7050; Resistência à Corrosão.


PÁGINAS: 92
RESUMO:

Uma superfície metálica pode apresentar baixa molhabilidade através da formação de uma estrutura rugosa com dimensões micro-nanométricas combinada com um agente redutor de energia de superfície. Quando o ângulo de contato e de deslizamento são ≥ 150° e ≤ 10°, respectivamente, a superfície é classificada como super-hidrofóbica (SHF). Por repelirem fortemente a água, essas superfícies vêm apresentando diversas potencialidades de aplicação tecnológicas industriais, destacando-se para o setor aeroespacial as propriedades anticorrosivas e anticongelamento. A liga de alumínio aeronáutico AA7050 é bastante utilizada na indústria aeroespacial, devido à sua baixa densidade, boas propriedades mecânicas e resistência à corrosão. Contudo, quando exposta a meios corrosivos agressivos associados a solicitações mecânicas, pode apresentar redução do tempo de vida útil e consequentemente, promover o aumento do custo de manutenção e reposição de peças, além de agravar o risco associado a possíveis acidentes. Dentre as alternativas de proteção anticorrosiva, os revestimentos super-hidrofóbicos via processo de eletrodeposição surgem com uma alternativa promissora para a produção de nanocompósitos que simultaneamente atuem no aumento da resistência à corrosão e ao desgaste de materiais aplicados à indústria aeronáutica. Neste trabalho, foram desenvolvidos revestimentos super- hidrofóbicos à base de níquel reforçados com nanotubos de carbono de paredes múltiplas (NTCPM) associados ou não a ácido esteárico como agente redutor de energia de superfície, sobre a liga AA7050, via processo de
eletrodeposição, a partir da combinação de diferentes composições de banhos eletrolíticos e camadas depositadas. Foram estudadas 7 condições de revestimento, sendo uma delas níquel puro, e as demais revestimentos de Ni contendo NTCPM e/ou ácido esteárico. As amostras foram caracterizadas
através de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espectroscopia de Energia Dispersiva de Raios-X (EDS), Difração de Raios-X (DRX) e Espectroscopia de Infravermelho (FTIR). O comportamento super-hidrofóbico foi avaliado por meio da medição de ângulo de contato e deslizamento. A resistência à corrosão foi analisada através dos ensaios de potencial de circuito aberto (ECA), Polarização Linear (PL) e Espectroscopia de Impedância Eletroquímica (EIE). Também foram realizados ensaios de desgaste visando avaliar a influência na molhabilidade e durabilidade da propriedade super- hidrofóbica alcançada. Os revestimentos reforçados com NTCPM apresentaram os maiores ângulos de contato, chegando a valores de até 158,35° e menores ângulos de deslizamento de aproximadamente 1°, evidenciando o comportamento super-hidrofóbico e autolimpante das superfícies. As análises por MEV confirmaram a presença de uma estrutura de rugosidade hierárquica micro-nanométrica semelhante a um couve-flor. As análises de DRX e FTIR comprovaram a presença de fases de níquel nos revestimentos, e o grupo funcional carboxilato do agente redutor de energia de superfície utilizado durante o processo de eletrodeposição, respectivamente. A condição de revestimento contendo NTCPM, apresentou melhor durabilidade, preservando a super-hidrofobicidade por até cinco vezes mais ciclos que as demais condições. Os ensaios eletroquímicos de polarização potenciodinâmica linear indicaram menores valores de densidade de corrente corrosão e maiores valores de potencial de corrosão para o revestimento contendo NTCPM e ácido esteárico aplicados diretamente sobre a liga de alumínio.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1132272 - SEVERINO LEOPOLDINO URTIGA FILHO
Interno - 2154866 - TIAGO FELIPE DE ABREU SANTOS
Externo ao Programa - 2154994 - EDVAL GONCALVES DE ARAUJO - UFPEExterna ao Programa - 3724412 - MAGDA ROSANGELA SANTOS VIEIRA - UFPE
Notícia cadastrada em: 30/08/2023 14:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2024 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02