PPGGERO PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM GERONTOLOGIA - CCS DIRETORIA DO CENTRO DE CIENCIAS DA SAUDE - CCS Telefone/Ramal: Não informado

Banca de DEFESA: MONIQUE DE FREITAS GONÇALVES LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MONIQUE DE FREITAS GONÇALVES LIMA
DATA : 18/03/2022
HORA: 10:00
LOCAL: PPGERO
TÍTULO:

LETRAMENTO FUNCIONAL EM SAÚDE E O CONHECIMENTO DO IDOSO EM RELAÇÃO AO TRATAMENTO PRÉ DIALÍTICO


PALAVRAS-CHAVES:

Letramento em Saúde. Idoso. Doença Renal Crônica.


PÁGINAS: 75
RESUMO:

O envelhecimento populacional é um fenômeno mundial. E no decorrer desse processo
ocorre uma maior prevalência de doenças crônicas não transmissíveis, dentre elas, destaca-se
a Doença Renal Crônica. Muitos idosos têm sido encaminhados e admitidos tardiamente na
hemodiálise o que implica em mortalidade precoce e índice elevado de hospitalizações. O
diagnóstico tardio da doença renal e o baixo conhecimento relacionado à doença é comum,
mesmo em indivíduos acompanhados por equipe de saúde. Nesse contexto, surge o letramento
funcional em saúde como um importante fator que pode influenciar no conhecimento e
cuidado de pacientes com doença renal, porém grande parcela dessa população possui o
letramento funcional em saúde limitado, podendo levar a desfechos desfavoráveis em saúde.
Este estudo objetivou avaliar o letramento funcional em saúde e a influência no conhecimento
dos idosos em tratamento pré-dialítico. Trata-se de um estudo de corte transversal com
abordagem quantitativa, realizado no ambulatório de tratamento conservador da doença renal,
de um hospital escola na cidade do Recife, em 2019. Participaram 60 idosos com doença renal
crônica que realizavam tratamento conservador. Para coleta de dados utilizou-se instrumento
estruturado composto pelas variáveis sociodemográficas, clínicas, letramento funcional em
saúde e conhecimento sobre a doença renal crônica. Os dados foram analisados pelo software
Statistical Package for the Social Sciences por meio de estatística descritiva e inferencial. O
letramento funcional em saúde foi insuficiente e esteve associado aos anos de estudo, a etnia
e ao fato de não saberem a causa da doença renal e desconhecerem que a piora da função renal
está associada ao aumento da taxa de creatinina. O conhecimento sobre a doença renal crônica
também foi insuficiente e a maior parte dos idosos acreditam que o tratamento leva a cura do
problema renal, não responderam corretamente as medicações que usam, desconhecem o uso
do bicarbonato de sódio e carbonato de cálcio, assim como o controle de potássio pela
alimentação. O conhecimento dos idosos em relação a DRC na fase pré-dialítica é de
fundamental importância, pois exige que o idoso adquira novos hábitos de vida, de
alimentação e de auto cuidado para assim postergar o início do tratamento dialítico. A
identificação do letramento em saúde para poder auxiliar os idosos neste processo, é essencial.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1132274 - ELIANE MARIA RIBEIRO DE VASCONCELOS
Interno - 1133791 - ROGERIO DUBOSSELARD ZIMMERMANN
Externa ao Programa - 1193014 - MARIA ILK NUNES DE ALBUQUERQUE
Notícia cadastrada em: 17/03/2022 14:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02