Banca de DEFESA: THIAGO DE ALMEIDA RODRIGUES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : THIAGO DE ALMEIDA RODRIGUES
DATA : 03/03/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Online
TÍTULO:

DRY PORTS DEVELOPMENT IN SEAPORT-HINTERLAND NETWORK: risk assessment approach and shipping cost optimization to aid decision-making


PALAVRAS-CHAVES:

rede porto-interior; porto seco; gestão de riscos; texto; custo de transporte de contêiner; modelo de otimização de custos.


PÁGINAS: 204
RESUMO:

O transporte marítimo tem exercido um importante papel na conexão do comércio global de mercadorias. Tal relevância tem sido evidenciada pelo aumento notável do transporte de cargas em contêineres, o que tem colado enorme pressão sobre a eficiência dos portos marítimos. Particularmente desafiadoras são as questões relacionadas à rede porto-interior que implicam em uma distribuição geográfica mais ampla das operações portuárias. Neste contexto, os portos secos tem surgido como opções para solucionar problemas de eficiência dos portos, otimizando a rede de transporte marítimo de cargas. Apesar da relevância deste operador logístico, o desenvolvimento de portos secos não está isento de falhas, especialmente em relação à fase de transição de ‘projeto’ para ‘operação’. Considerando a perspectiva dos importadores /exportadores, outra questão crítica refere-se à escolha do operador logístico, que pode variar de acordo com especificidades de cada cliente. Tendo isto em mente, esta tese busca atender três principais tópicos: (i) fazer uma discussão geral sobre a rede porto-interior, especialmente no que diz respeito ao desenvolvimento de portos secos; (ii) avaliar a ponderação dos fatores de risco e as interdependências na fase de transição dos projetos dos portos secos a partir da perspectiva de diferentes stakeholders; por fim, (iii) propor um modelo de custos flexível para auxiliar a tomada de decisão dos clientes na seleção de seus prestadores de serviços ao longo da rede porto-interior. Na direção destes objetivos, a tese foi desenvolvida agregando múltiplos artigos complementares, nos quais oito estudos sobre o tema porto-interior e portos secos foram apresentados em versões adaptadas. Como contribuição prática, a tese apresentou um framework para aumentar a eficiência dos portos secos no contexto brasileiro e destacou os principais fatores que podem afetar os custos importação. Além disto, os resultados também evidenciaram aos gestores e tomadores de decisão de políticas públicas os cenários em que portos secos ou portos marítimos se tornam economicamente a melhor opção para os clientes. Academicamente, esta tese aprimora a literatura sobre o desenvolvimento de portos secos, propondo uma tipologia de riscos para a transição de ‘projeto’ para ‘operação’ compreendendo oito fatores de risco interdependentes. Por fim, o estudo também discute a competitividade entre os principais atores da rede porto-interior à luz da literatura, trazendo informações relevantes para os stakeholders envolvidos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FERNANDO AUGUSTO SILVA MARINS
Externo à Instituição - MAXWELL CHIPULU
Presidente - 1510962 - CAROLINE MARIA DE MIRANDA MOTA
Interno - 1549303 - CRISTIANO ALEXANDRE VIRGINIO CAVALCANTE
Interna - 1551036 - LUCIANA HAZIN ALENCAR
Notícia cadastrada em: 02/03/2022 13:17
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02