Banca de DEFESA: BRUNO LUIZ DO NASCIMENTO SILVA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : BRUNO LUIZ DO NASCIMENTO SILVA SANTOS
DATA : 30/05/2022
HORA: 15:00
LOCAL: Online
TÍTULO:

CULTURA E APREENSÃO NA COMUNICAÇÃO DOS ESTUDANTES DE

CONTABILIDADE DE PERNAMBUCO E PORTUGAL


PALAVRAS-CHAVES:

   

apreensão na comunicação; distância do poder; estudantes de
contabilidade; Pernambuco; Portugal.


PÁGINAS: 30
RESUMO:

   

A cultura pode influenciar as relações sociais e sua análise permite a verificação de
tendências de comportamento sociais. Através da teoria das dimensões culturais
(Hofstede et al., 2010-a) permite-se a comparar culturas de nações e regiões,
principalmente quando possuem determinados laços como o caso de Brasil e Portugal.
A influência da cultura na sociedade pode ser relacionada de variadas formas, dentre
elas o nervosismo na hora de se comunicar chamado de apreensão na comunicação
(Mccroskey, 1984), pois apresenta relação com a dimensão cultural distância do poder,
que mede o nível de aceitação da divisão desigual de poder no ambiente. O total de 365
alunos do curso superior de Ciências Contábeis de Portugal e Pernambuco responderam
os questionários CVSCALE, PRCA – 24 e variáveis sociodemográficas idade, período
que está cursando, naturalidade, gênero, desempenho de atividade laboral, a fim de
identificar o grau de influência da distância do poder e outras variáveis na apreensão na
comunicação. Na

análise dos resultados identificou-se que a apreensão da comunicação
está relacionada com a distância do poder e com gênero dos respondentes, indicando
que a distância do poder é capaz de funcionar como elemento predecessor a apreensão
na comunicação levando em consideração o gênero. O modelo de regressão ampliou o
escopo de análise, indicando que a idade está negativamente relacionada com a
apreensão e a localidade também pode influenciar na apreensão. A dificuldade nas
habilidades de comunicação além de prejudicar o desenvolvimento profissional
contábil, evidencia os riscos que a distância do poder acarretar através da superposição
de questões hierárquicas sobre as funcionais no julgamento contábil, nas questões éticas
e no desempenho empresarial.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1473349 - DANIEL JOSE CARDOSO DA SILVA
Interno - 1666902 - LUIZ CARLOS MARQUES DOS ANJOS
Externo à Instituição - ROMMEL DE SANTANA FREIRE
Notícia cadastrada em: 24/05/2022 11:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02