PPGL PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM LETRAS - CAC DEPARTAMENTO DE LETRAS - CAC Telefone/Ramal: (81) 2126-8767

Banca de DEFESA: SOLANGE REGINA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SOLANGE REGINA DA SILVA
DATA : 12/05/2022
HORA: 09:00
LOCAL: remotamente, via Google Meet
TÍTULO:

VIAGE DE ESPAÑA (1772-1794): o projeto ilustrado de Antonio Ponz


PALAVRAS-CHAVES:

ilustração; literatura de viagem; Antonio Ponz; Viage de España.


PÁGINAS: 132
RESUMO:

O presente trabalho tem como objeto de estudo a obra Viage de España en que se da noticias
de las cosas mas apreciabeles, y dignas de saberse, que hay en ella (1772-1794), do escritor
Antonio Ponz, e investiga de que modo se fazem presentes características do pensamento
ilustrado próprio da época nos relatos do autor. A obra em questão é reconhecida como uma
das mais completas obras ilustradas do século XVIII espanhol, sendo, portanto, um material
rico para ampliar a visão sobre o iluminismo e sobre a literatura de viagem. Para tanto,
analisam-se as cartas que compõem a obra, compreendendo-as como escritos que denotam
aspectos com ênfases nos ideais iluministas. Assim, a partir desses relatos, que rememoram e
oferecem um detalhado informe sobre monumentos, conservação e estado do patrimônio
público e artístico, obras de artes, costumes, geografias, paisagens e arquitetura de cada local
visitado, evidencia-se uma representação da Espanha naquele momento. Reflete-se ainda
sobre a relevância do século XVIII para a história, indicando elementos que converteram o
viajante em um observador capaz de transmitir dados úteis. Nesse estudo, leva-se em
consideração a relevância da obra Viagem..., que figura como um modelo para os demais
viajantes, e demonstra-se que as principais características do pensamento ilustrados estão
ligadas à consolidação do gênero da literatura de viagem. Isso porque nesse momento
analisado, na segunda metade do século XVIII, os indivíduos eram guiados pela ciência e pelo
progresso, além de compreenderem a viagem como um instrumento político e essencial para
as artes visuais. O apoio teórico que guia este estudo e seu trajeto conta com as contribuições,
entre outras, de Crespo (2008), Bolufer (2007) e Pascual (2007), no que diz respeito às
viagens, viajantes e relatos; por meio do pensamento de estudiosos como Chiaramonte (1987)
e John Lynch (1990), busca-se pensar a Ilustração; Valdeón (1987) e Maciá (1990), para
compreender aspectos relativos à obra; assim como Winckelmann (1975) e Goethe (1999),
para pensar os pressupostos estéticos. Constata-se que Ponz, envolvido com as concepções e
os ideais do momento, consegue, por meio dos seus escritos, expor suas valorações críticas
sobre a realidade espanhola e contribuir para o progresso do país.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2291987 - ALFREDO ADOLFO CORDIVIOLA
Externa à Instituição - AMANDA BRANDÃO ARAUJO MORENO - UFRPE
Interna - 2166146 - KARINE DA ROCHA OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 20/04/2022 08:15
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01.ufpe.br.sigaa01