Banca de QUALIFICAÇÃO: VANESSA NICOLAU FREITAS DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VANESSA NICOLAU FREITAS DOS SANTOS
DATA : 13/05/2022
LOCAL: GOOGLE MEET
TÍTULO:

A PRODUÇÃO DE SENTIDOS NA LEITURA E O PROCESSO DE LETRAMENTO DE CRIANÇA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA)


PALAVRAS-CHAVES:

Leitura; letramento; Transtorno do Espectro Autista; inclusão escolar; mediação docente.


PÁGINAS: 51
RESUMO:

Percebe-se que estudantes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) têm ficado à margem dos processos de aprendizagem, especificamente aqueles que dizem respeito ao eixo da leitura nos anos iniciais. Entretanto, é no contexto escolar que a maioria da população brasileira tem contato com as primeiras leituras. Tais vivências devem ser oportunizadas na escola por meio da mediação docente realizada nos momentos de “rodas de leitura”, permeadas de diálogos sobre os textos literários, o que permite aos estudantes construir significados sobre o que se leu, aspecto essencial para a formação do leitor crítico. Deste modo, a presente pesquisa assume, a partir da perspectiva histórico-cultural de Lev S. Vigotski, a concepção de linguagem como constitutiva e constituidora da atividade humana e das práticas sociais enraizadas nas condições sócio-históricas e, portanto, fundamentalmente culturais. A disso, o objetivo principal é investigar a produção de sentidos na leitura e os letramentos escolar e não-escolar vivenciados por uma criança diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA), matriculada nos anos iniciais do Ensino Fundamental, na cidade de Recife-PE, mediados pelo/a docente. Do ponto de vista metodológico, trata-se de uma pesquisa qualitativa com delineamento do tipo estudo de caso. Participarão do estudo uma criança com diagnóstico de TEA, sua respectiva professora, a docente da Sala de Recursos Multifuncionais (SRMF), os pais ou responsáveis pela criança, bem como os profissionais do contexto clínico. Para a construção dos dados, serão utilizadas técnicas de observação, videografia e entrevista semiestruturada. O objetivo das observações e das videografias estará concentrado nos momentos de leitura e nas mediações realizadas pelo/a docente da sala regular. A observação será utilizada também para compreender como o letramento organiza-se na escola e na sala de aula. Após a realização das observações e de todos os registros videográficos, a fase de realização das entrevistas começará. Serão realizadas entrevistas semiestruturadas com cada participante mediante um roteiro de perguntas. Com a criança e seus responsáveis, o objetivo estará em
conhecer o letramento não escolar. Com as docentes de sala de aula e da Sala de Recursos Multifuncionais (SRMF), terá a finalidade de conhecer as concepções sobre leitura, desenvolvimento e aprendizagem. Com os profissionais da área da saúde, o objetivo será conhecer as concepções de aprendizagem e desenvolvimento. Todas as entrevistas serão gravadas e posteriormente transcritas. Para a proposta de análise dos dados, serão adotados cinco eixos de investigação. Para o estudo da mediação docente, serão adotados os elementos propostos por Oliveira (2017), acerca das estratégias docentes, quanto à escolha e ao trabalho com os textos literários. Acerca do estudo da produção de sentidos, serão observadas as categorias da interdiscursividade e intersubjetividade, baseadas em Smolka (2012) e em Browder et al. (2006) sobre a especificidade para o estudante autista. O estudo do letramento, será desenvolvido a partir de Kleiman (1995) e Rojo (2009), sobre as vivências de letramento. A análise de todas as entrevistas será fundamentada na proposta de Aguiar e Ozella (2013) dos núcleos de significação. Os registros videográficos serão estudados por meio da Análise Interacional (Meira, 1994).


MEMBROS DA BANCA:
Externa ao Programa - 836.100.734-20 - FABIOLA MONICA DA SILVA GONCALVES - UEPB
Externa ao Programa - 3477886 - RAFAELLA ASFORA SIQUEIRA CAMPOS LIMA
Presidente - 2293694 - SANDRA PATRICIA ATAIDE FERREIRA
Notícia cadastrada em: 12/05/2022 20:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02