Banca de DEFESA: ITALA GABRIELA TAVARES LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ITALA GABRIELA TAVARES LIMA
DATA : 23/09/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Remoto (online) - https://meet.google.com/vdm-zbnd-ixb
TÍTULO:

ANÁLISE DOS IMPACTOS DO ÓLEO CRU PESADO SOBRE AS COMUNIDADES MACROBENTÔNICAS DE SUBSTRATOS CONSOLIDADOS EM PERNAMBUCO (BRASIL)


PALAVRAS-CHAVES:

Macrobentos; Derrame de óleo; Topo recifal; Fotoquadrados


PÁGINAS: 82
RESUMO:

Em agosto de 2019, o litoral Brasileiro foi palco de um dos maiores crimes ambientais
marinhos registrados no país. O derrame de óleo cru pesado alcançou praticamente toda
costa brasileira e seus diferentes habitats. Foram então iniciadas pesquisas para avaliar
os níveis de impacto sociais e ambientais. Os beachrocks do litoral nordestino ficaram
cobertos por óleo, apresentando resíduos do derrame impregnado nas rochas mesmo
após 2 anos do impacto. O objetivo do presente estudo, foi identificar possíveis
impactos nas comunidades macrobentônicas sésseis e semissésseis que vivem em
substratos consolidados de praias atingidas em níveis distintos. As campanhas de coleta
ocorreram em três praias do litoral Pernambucano: Itapuama, Carneiros e Pontal do
Cupe, classificadas em alta, moderada e baixa intensidade de impacto, respectivamente.
O critério adotado para classificação de impacto foi o percentual de óleo impregnado
nas rochas. As áreas foram escolhidas por sua relevância socioeconômica e ambiental.
Foi utilizado o método não destrutivo do fototransecto. A caracterização das áreas foi
feita com o auxílio de uma fita métrica de 10 metros e registros fotográficos de um
quadrado de PVC (50x50cm) a cada metro, resultando em 10 fotos por transecto. A
rugosidade foi obtida com o auxílio de uma corrente de elos e uma trena. O software
Coral Point Count with Excel extensions (CPCe), foi utilizado para caracterização da
cobertura biótica e abiótica dos substratos. Para analisar os resultados, foram utilizados
o programa computacional R e o software Primer 6. As áreas apresentaram gradiente de
diversidade comprovado estatisticamente, bem como diferenças no percentual de óleo
cru pesado impregnado nas rochas. Foi visto que é necessário adotar análises múltiplas
para identificação de impacto sobre comunidades macobentônicas afetadas por derrame
de óleo. Os resíduos de óleo monitorados ao longo de um ano demonstram que o
material está sendo intemperizado. A espécie Chthamalus bisinuatus foi utilizada como
organismo sentinela. Os resultados indicam que apesar de terem sido afetadas pelo
derrame de óleo, as populações de Chthamalus bisinuatus monitoradas apresentaram
uma possível recuperação. O acompanhamento a longo prazo de áreas impactadas pelo
óleo é essencial para avaliação dos efeitos crônicos nos organismos afetados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2309616 - RALF SCHWAMBORN
Interna - 2130453 - SIGRID NEUMANN LEITAO
Externo à Instituição - RALF TARCISO SILVA CORDEIRO - UFRPE
Notícia cadastrada em: 21/09/2022 20:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02