Banca de DEFESA: PAULO JOSE SIGAUQUE

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PAULO JOSE SIGAUQUE
DATA : 28/06/2021
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.jit.si/SignificantOddsBakeEqually
TÍTULO:

NOVA DATA E HORÁRIO   

Circulação e distribuição de sedimentos em suspensão na baía de
Maputo, Moçambique


PALAVRAS-CHAVES:

ondas, maré, circulação, turbidez, troca de fluxos


PÁGINAS: 1
RESUMO:

Este estudo apresenta a circulação residual, clima de ondas e distribuição de sedimentos em suspensão
na baia de Maputo, Moçambique, África (25.9/26.0° S & 32.6/32.9°). A baía tem uma área de ~1000
Km2, com seção da desembocadura com ~18 Km de largura, e profundidade média de 5 m. As marés
predominantes são do tipo semiduirna, variando de 1 a 3 m na quadratura e sizígia, respetivamente. A
avaliação da importância das marés, ventos e efeitos de descargas liquidas na troca de fluxos entre a
baia e plataforma adjacente, efeitos da energia de ondas no transporte de sedimentos entre a baía e
plataforma adjacente, foi realizada através do modelo hidrodinâmico Delf3D-FLOW e do modelo de
ondas Delft3D-WAVE (SWAN). A dinâmica sazonal (para o ano de 2020) e interanual (para o período
de 2010 até 2021) de distribuição de sedimentos em suspensão foi investigada com imagens da banda
do vermelho dos sensores MODIS e VIIRIS, abordos nos satélites Aqua, Terra, Suomi e NOAA. Os
resultados a partir da modelagem hidrodinâmica mostraram mudanças nos padrões de circulação entre
os cenários e entre quadratura e sizigia. Na secção transversal da desembocadura, os fluxos de sizigia
são verticalmente homogêneos e na quadratura os fluxos são em duas camadas, principalmente com
cenários forçados por maré, locais como ilha de Inhaca e desembocadura do rio Incomati são propensos
a aprisionar sedimentos. O modelo de onda mostrou que as ondas mais predominantes vêm das
direções E-SE. As maiores intensidades foram de 1.4 e 2.4 m com ângulo de incidência de 100°. No
interior da baia as velocidades orbitais e forças induzidas pela onda foram menores. O padrão
climatológico de variabilidade de turbidez mostrou que o Sul da baia, principalmente na
desembocadura do rio Maputo, tende a concentrar maior quantidade de sedimentos em suspensão e
menores concentrações próximo a boca da baia de Maputo, onde predominam sedimentos não coesivos
e vigorosa energia da onda. As correntes de baixamar e ventos de SW favorecem ao transporte de
material particulado em direção a plataforma.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1673287 - CARLOS AUGUSTO FRANCA SCHETTINI
Interno - 1728428 - ROBERTO LIMA BARCELLOS
Externa à Instituição - CARLA DE ABREU D’AQUINO - UFSC
Externo à Instituição - MAURÍCIO NOERNBERG - UFPR
Externo à Instituição - HELDER ARLINDO MACHAIEIE
Notícia cadastrada em: 22/06/2021 08:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02