Banca de DEFESA: ROMULO DE AQUINO COELHO LINS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROMULO DE AQUINO COELHO LINS
DATA : 31/08/2022
HORA: 13:00
LOCAL: Departamento de Fisioterapia
TÍTULO:

Repercussões respiratórias e hemodinâmicas de diferentes estratégias de titulação de PEEP em pacientes com SDRA moderada por Covid-19: uma análise exploratória.



PALAVRAS-CHAVES:

Infecções por SARS-CoV-2, Síndrome do Desconforto Respiratório, Pressão Positiva Expiratória Final,  Monitorização do Paciente.


PÁGINAS: 80
RESUMO:

Introdução: Os casos graves de COVID-19 podem desenvolver a síndrome respiratória aguda grave (SDRA), caracterizada por hipoxemia grave e insuficiência respiratória, necessitando de intubação orotraqueal e suporte ventilatório mecânico. A pressão positiva expiratória final (PEEP), um dos parâmetros da estratégia ventilatória protetora, deve ser individualizada, de modo a otimizar a oxigenação, reduzir lesões pulmonares e desfechos deletérios. Dentre os diferentes métodos de titulação de PEEP para pacientes com insuficiência respiratória, ainda não existe um consenso sobre o método ideal de titulação de PEEP para pacientes com Covid-19. 

Objetivo Descrever a resposta aguda ao longo de quatro horas pós-titulação da PEEP pelos métodos PEEP table vs. Driving pressure guided PEEP sobre a oxigenação e troca gasosa, mecânica respiratória e hemodinâmica. Método: Análise exploratória do estudo NTC U1111-1255-6129, no qual a  oxigenação e troca gasosa (relação entre PaO2/FiO2,  saturação periférica de oxigênio - Saturação periférica de oxigenio - SpO2), mecânica respiratória (Pressão de pico, Pressão de platô, driving pressure (DP), (Complacência estática - Cest, Resistência das vias aéreas - Rva) e hemodinâmica (Frequência cardíaca - FC, Pressão arterial média - PAM) de pacientes com SDRA moderada por Covid-19, submetidos a titulação pela PEEP table e Driving Pressure guide-PEEP foram monitorados após 30 minutos, 1, 2 e 4 horas.

Resultado: No estrato amostral de 27 pacientes, para a maioria das características clínicas basais na admissão não houve diferenças entre os grupos, exceto para PaO2/FiO2 (PEEP table, mediana 128.7 [IQ 117-175] vs. DP guide-PEEP, mediana 140.0 [IQ 138-178}, p =0,005).  No modelo linear, corrigido pela PaO2/FiO2 basal, houve diferenças apenas para a SpO2 na interação grupo x momento (p=0,004). A PEEP 10 cmH2O foi titulada em 93,3% dos casos no grupo PEEP table e em 91.7% dos casos titulados pela DP guided PEEP (p = 0,167).

Conclusão: A PEEP titulada na amostra de SDRA moderada por Covid-19 teve valor frequente de 10 cmH2O nos grupos PEEP table e pela DP guided PEEP,  gerando também, respostas clínicas similares após 4 horas de titulação para oxigenação, troca gasosa e mecânica respiratória.



MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2581397 - DANIELLA CUNHA BRANDAO
Externo à Instituição - ANTÔNIO CHRISTIAN EVANGELISTA GONÇALVES
Externa à Instituição - MARIA DA GLORIA RODRIGUES MACHADO
Notícia cadastrada em: 24/08/2022 19:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01.ufpe.br.sigaa01