Banca de DEFESA: LUIZ CARLOS DE PADUA WALFRIDO FILHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUIZ CARLOS DE PADUA WALFRIDO FILHO
DATA : 19/11/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Remota (Online)
TÍTULO:

PROPOSIÇÃO DE METODOLOGIA PARA AVALIAÇÃO DA MATURIDADE EM GOVERNANÇA DE TIC


PALAVRAS-CHAVES:

Governança Empresarial, Governança de TI, Governança de TIC, Cobit 5.0, iGovTI, ISO 38500:2015.


PÁGINAS: 199
RESUMO:

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco - Chesf, empresa de 71 anos de existência, vem evoluindo na busca da excelência viabilizando a entrega de produtos e serviços com a qualidade exigida pela sociedade, entretanto, ainda não adota plenamente o conceito de Arquitetura Corporativa (EA) para melhoria e alinhamento dos seus principais processos de negócio à estratégia empresarial. Fazer com que os Processos de Negócio tirem o melhor proveito das tecnologias da informação e telecomunicações (TIC) disponíveis é um compromisso difícil de se conseguir, visto que, as duas áreas que lidam diretamente com tecnologia, área de Tecnologia da Informação Corporativa (TI) e a área de Tecnologia da Informação Operacional (TO), não possuem o mesmo nível de maturidade em Governança de TIC. Essas áreas não são avaliadas pela mesma Metodologia, o que as impede de conhecerem os seus respectivos níveis de maturidade, bem como, possuem focos distintos, são auditadas por órgãos de controles diferentes e subordinadas a Diretorias distintas. Tudo isto dificulta a obtenção de uma visão integrada e holística, resultando em perda de sinergia e eventual má utilização de recursos financeiros por não se levar em conta investimentos em infraestrutura tecnológica já realizados por uma das áreas, cujas funcionalidades poderiam ser compartilhada entre si. Este trabalho oferece para as áreas de TIC da Empresa uma Metodologia única que se adequa às suas especificidades, com o objetivo de aferir o nível de Capacidade dos Processos em Governança de TIC, que refletirá o nível de maturidade dessas áreas. Foi proposta uma metodologia de avaliação de maturidade em Governança de TIC baseada no framework Cobit 5.0 e na ferramenta de coleta iGovTI. É importante ressaltar que essa metodologia foi aplicada na Chesf, validada e tida pelos gestores das áreas de TIC como sendo factível de ser utilizada regularmente, agregadora de valor e com potencial para contribuir com o processo de melhoria do nível de maturidade em tecnologia da empresa. Com a aplicação da metodologia foram obtidos resultados que denotam uma maior maturidade da área de TI em relação à de TO, fato já esperado, visto que, desde 2007 com a implementação dos controles para os processos que atendem à SOX (Sarbane & Oxley) a área de TI vem evoluindo e tratando deste tema, ao contrário da área de TO que tem focado seus esforços no cumprimento das metas Operacionais relativas ao Sistema Elétrico sob sua responsabilidade. Como contribuição deste trabalho destaca-se o impacto econômico positivo que ele pode proporcionar, pois, a melhoria da governança contribui diretamente para a melhoria dos resultados empresariais e consequentemente, para o aumento de receita, bem como, aos aspectos relacionados a otimização de recursos humanos e financeiros, que também impactam diretamente no resultado e nos ganhos da Empresa.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1385501 - ANA PAULA CABRAL SEIXAS COSTA
Externo à Instituição - IVALDIR HONORIO DE FARIAS JUNIOR - UPE
Interna - 2714924 - SUZANA DE FRANCA DANTAS DAHER
Notícia cadastrada em: 18/11/2021 11:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02