PPGSC-CCM PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM SAUDE COLETIVA - CCM CENTRO DE CIENCIAS MEDICAS - CCM Telefone/Ramal: Não informado

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANGÉLIA MARQUES DOS ANJOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANGÉLIA MARQUES DOS ANJOS
DATA : 18/05/2022
LOCAL: PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM SAUDE COLETIVA
TÍTULO:

Sofrimento mental comum entre profissionais de fisioterapia em atendimento a pessoas com Covid-19 em Pernambuco: Prevalência e fatores Associados.


PALAVRAS-CHAVES:

Fisioterapeutas, COVID-19, Saúde Mental, Profissionais de saúde. 


PÁGINAS: 33
RESUMO:

A COVID-19 é uma doença transmissível, causada por um novo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2). Estudos anteriores à atual pandemia, apontam que epidemias e surtos de doenças contagiosas têm um potencial de gerar impactos psicossociais individuais e sociais consideráveis, podendo se tornar um problema mais amplo que a própria epidemia. Faz-se importante o conhecimento das vivências dos diversos profissionais de saúde que trabalham diretamente nos cuidados a pacientes suspeitos/confirmados para COVID-19, uma vez que todas as categorias profissionais têm sua parcela de contribuição na luta contra o vírus. Em diversos países, os fisioterapeutas são reconhecidos enquanto profissionais que atuam na atenção primária e terciária, executando uma função fundamental nas equipes multiprofissionais que proporcionam suporte ventilatório durante a fase aguda do adoecimento e intervenções de reabilitação no período posterior, possibilitando a funcionalidade. Torna-se relevante a presente investigação, haja vista a possibilidade de promover maior visibilidade às necessidades de cuidados no que tange à saúde mental dos profissionais de reabilitação atuando na linha de frente da pandemia de COVID-19. Além disso, pode ser um subsídio para a implantação de propostas de ações voltadas à promoção e proteção da saúde mental desses trabalhadores. Trata-se de um estudo epidemiológico do tipo transversal, de caráter exploratório, realizado a partir de dados da linha de base de um estudo de coorte multicêntrico intitulado “Avaliação dos riscos e saúde mental de profissionais de saúde que cuidam de pessoas com COVID-19”, que envolveu quatro categorias profissionais: médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas. O presente estudo está focado na análise dos fisioterapeutas (categoria incluída no estudo maior apenas em Pernambuco). Assim, este trabalho tem como objetivo geral estimar a prevalência e analisar os fatores associados ao sofrimento mental comum entre profissionais de fisioterapia trabalhando na linha de frente do cuidado a pessoas com COVID-19, em Recife e Região Metropolitana. O estudo foi realizado com fisioterapeutas de Recife e Região Metropolitana, trabalhando no cuidado a pessoas suspeitas/confirmadas para COVID-19. A coleta de dados foi realizada através de um questionário autoaplicável por meio de uma plataforma de tecnologia móvel especificamente desenvolvida para a pesquisa, com aplicação on-line. Para investigação de Transtorno Mental Comum (TMC), variável de desfecho, foi utilizado o SRQ-20 (Self-Reporting Questionnaire). As análises serão realizadas por meio dos softwares Epi Info 7.2 e SPSS versão 28. 


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1364984 - CRISTINE VIEIRA DO BONFIM
Externa à Instituição - MARIA DE FATIMA PESSOA MILITAO DE ALBUQUERQUE
Presidente - 1133884 - THALIA VELHO BARRETO DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 11/05/2022 15:37
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02