Banca de DEFESA: BRUNO SAMPAIO

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : BRUNO SAMPAIO
DATA : 08/03/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

ANÁLISE DAS FREQUÊNCIAS ALÉLICAS E DOS PARÂMETROS POPULACIONAIS DE INTERESSE FORENSE DE  23 MARCADORES STRs AUTOSSÔMICOS E DE 23 REGIÕES  STRS DO CROMOSSOMO (Y-STRs) NA POPULAÇÃO DO  ESTADO DE PERNAMBUCO



PALAVRAS-CHAVES:

Genética Forense; Identificação Humana; Repetições Curtas  em Tandem; Genética de Populações; Pernambuco


PÁGINAS: 118
RESUMO:

As regiões microssatélites — conhecidas também como Repetições  Curtas em Tandem (STRs) — consistem em marcadores genéticos que são  amplamente empregados nas rotinas forenses. A criação de bancos de dados  genéticos, estabelecidos a partir de estudos genético-populacionais humanos, preferencialmente randomizados e representativos, são fundamentais na  casuística forense (testes de confronto genético, de paternidade/maternidade e  de parentesco etc.), por permitirem a obtenção resultados estatísticos  (dependentes das frequências alélicas e haplotípicas) mais acurados. Porém, tais estudos são escassos em populações do Nordeste do Brasil. Sendo assim, o objetivo do presente estudo foi determinar as frequências alélicas e os  parâmetros populacionais de interesse forense de 23 STRs autossômicas e 23  STRs do cromossomo Y (Y-STRs) para a população do Estado de Pernambuco,  com a finalidade de constituir bancos de dados para esses marcadores, que  serão bastante valiosos para as aplicações forenses dos âmbitos cível e criminal relacionadas à população de Pernambuco. As análises das regiões microssatélites autossômicas envolveram 767 indivíduos (437 homens e 330 mulheres) não aparentados e nascidos no Estado de Pernambuco. O estudo das  Y-STRs incluiu outra amostra populacional, composta por 437 indivíduos  pernambucanos não relacionados do sexo masculino. As regiões do DNA  genômico foram amplificadas por meio dos kits comerciais PowerPlex® Fusion  6C, PowerPlex® Fusion, GlobalFiler™ Express e PowerPlex® Y23, separadas e  detectadas por eletroforese capilar no analisador genético ABI 3500. A análise  estatística consistiu na determinação das frequências alélicas e dos parâmetros  populacionais de interesse forense para os 46 marcadores. Os testes de  distância genética (FST e RST), realizados com os Y-STRs, compararam a  população analisada no presente estudo com populações brasileiras e  estrangeiras. Nenhum locus autossômico apresentou desvio em relação ao  equilíbrio de Hardy-Weinberg, após a aplicação da correção de Bonferroni. Os  marcadores mais e menos informativos foram o SE33 e o TPOX,  respectivamente. A probabilidade de discriminação combinada (PDC) foi igual a 0,99999999999999999999999999999, enquanto o poder de exclusão combinado (PEC) foi 0,99999999997. O índice típico de paternidade acumulado  foi igual a 37.919.301.869,3021. Em relação às análises referentes ao conjunto  de 23 Y-STRs, os valores de diversidade haplotípica, capacidade discriminação,  e probabilidade de coincidência haplotípica foram 0,9998, 0,9542 e 0,00023,  respectivamente. A diversidade gênica variou de 0,5380 (DYS393) a 0,9237  (DYS385). Variantes alélicas foram observadas na amostragem, como  microvariantes, duplicações em regiões de cópia única e a presença de um alelo  nulo (marcador DYS533). Os resultados dos testes de distância genética (FST e  RST), fundamentados nos Y-STRs, revelaram que a população analisada é  geneticamente próxima de outras populações brasileiras e europeias, o que  corrobora com a história da colonização do Estado de Pernambuco. Por meio  dos resultados obtidos, foi possível concluir que ambos os painéis de 23  marcadores são altamente informativos, sendo assim, bastante úteis para os  exames de identificação humana na população estudada.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - MARIA TEREZA CARTAXO MUNIZ
Externo ao Programa - 1869566 - RAFAEL LIMA GUIMARAES
Externa à Instituição - SILVIA HELENA BAREM RABENHORST
Externo ao Programa - 1551125 - TERCILIO CALSA JUNIOR
Interno - 3226717 - VALDIR DE QUEIROZ BALBINO
Notícia cadastrada em: 23/02/2022 14:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02