PPGEDUC PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM EDUCACAO CONTEMPORANEA - CAA CAMPUS DO AGRESTE - CA Telefone/Ramal: Não informado

Banca de QUALIFICAÇÃO: JESSICA PRISCILA GARCIA DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JESSICA PRISCILA GARCIA DE SOUZA
DATA : 09/06/2022
LOCAL: Sala Virtual CAA
TÍTULO:

PRODUÇÃO DE CONHECIMENTO SOBRE FEMINISMOS,

GÊNERO E SEXUALIDADE NOS PROGRAMAS DE PÓS-
GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DO NORDESTE


PALAVRAS-CHAVES:

Feminismo; Mulheres; Programas de Pós-Graduação em Educação.


PÁGINAS: 55
RESUMO:

A pesquisa científica tem um papel fundamental na produção de
conhecimento, pois visa novas descobertas que irão contribuir para a qualidade
do conhecimento construído nesse percurso. Sabe-se que a ciência desde o
início criou barreiras para o ingresso das mulheres, onde estas foram, durante
muito tempo, silenciadas, invisibilizadas e colocadas numa posição secundária
com relação aos homens, que detinham todo o prestígio nos ambientes de
desenvolvimento das ciências.
A ciência possui um percurso histórico de sexismo, fundado na
desigualdade das relações de gênero, problema este que ainda está muito
presente nos dias atuais, onde muitas mulheres cientistas ainda são
questionadas de suas pesquisas científicas. Superar a invisibilidade das
mulheres é um desafio diário para todas nós, especialmente em áreas como a
ciência, onde há toda uma construção sexista ao longo do tempo.
As intelectuais feministas questionaram a ciência além do debate acerca
da exclusão das mulheres dos espaços de produção científica, a crítica feminista
faz uma crítica à própria Ciência Moderna, que é uma ciência que busca sempre
a neutralidade e o afastamento do cientista/pesquisador do objeto estudado. A
crítica feminista vem mostrar que na verdade a ciência não é neutra, pois como
nos diz Meinerz (2011) “toda pesquisa tem, em seus resultados, a subjetividade
daquele que investiga. Não é, portanto, um processo isento, nem neutro e nem
mecânico” (MEINERZ, 2011, p.487).
Apesar de todo o preconceito histórico, há um aumento de mulheres no
campo da pesquisa, onde o número de mulheres estudantes no mestrado e no
doutorado tem crescido e também as discussões acerca de gênero, sexualidade
e feminismos vem majorando.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1528796 - ALLENE CARVALHO LAGE
Interno - 071.392.114-50 - FERNANDO DA SILVA CARDOSO - PUC - RJ
Externo à Instituição - SERGIO ANTÔNIO SILVA RÊGO
Notícia cadastrada em: 24/05/2022 22:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa01.ufpe.br.sigaa01