Banca de DEFESA: PEDRO GABRIEL CORREIA DE LUCENA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : PEDRO GABRIEL CORREIA DE LUCENA
DATA : 09/06/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Defesa remota
TÍTULO:

USO DE TÉCNICAS ESPECTROSCÓPICAS E QUIMIOMÉTRICAS PARA RECONHECIMENTO DE PADRÕES E PREDIÇÃO DE PAR METROS DE SOLOS TROPICAIS SOB DIFERENTES CONDIÇÕES CLIMÁTICAS


PALAVRAS-CHAVES:

ATR-FTIR; EDXRF; NIR; Mineralogia; ComDim; Quimiometria.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

A granulometria e mineralogia dos solos interferem na sua capacidade de
armazenamento de carbono orgânico, retenção de água e nutrientes. Esses
parâmetros variam bastante em solos tropicais ao longo da paisagem. Dessa forma,
métodos analíticos adequados são necessários para obter informações sobre os solos
e, consequentemente, melhorar o manejo e preservação deste recurso. As técnicas
espectroscópicas e quimiométricas surgem como excelentes alternativas para a
análise de solos. Considerando-se esses aspectos, o objetivo deste trabalho foi
desenvolver métodos espectroanalíticos para avaliação qualitativa da granulometria e
mineralogia, e determinação quantitativa dos teores de areia, argila e carbono
orgânico do solo (COS). Foram utilizadas 176 amostras de solos provenientes da
Zona da Mata, Agreste e Sertão do estado de Pernambuco. As amostras foram
analisadas por espectroscopias na região do infravermelho médio com transformada
de Fourier e acessório de refletância total atenuada (ATR-FTIR), no infravermelho
próximo (NIR) com instrumentos portáteis (NanoNIR e MicroNIR) e fluorescência de
raios-X por energia dispersiva (EDXRF). A Análise de Dimensões Comuns (ComDim)
integrou informações ATR-FTIR e EDXRF, evidenciando semelhanças e diferenças
entre as amostras de solo, agrupando-as em cinco categorias associadas às
diferenças na composição granulométrica e mineral. Os resultados da discriminação
não-supervisionada foram usados como ponto de partida para o desenvolvimento de
modelos de classificação empregando espectros medidos em instrumentos NIR
portáteis. O modelo desenvolvido com espectros medidos no NanoNIR e Máquina de
Vetores de Suporte (SVM) alcançou 92,5% de exatidão. Já o modelo empregando
espectros medidos no MicroNIR, seleção de variáveis combinada a SVM, apresentou
92,5% de exatidão. Os modelos de calibração desenvolvidos para predição dos teores
de areia e argila utilizando-se espectros ATR-FTIR apresentaram resultados
semelhantes ao método de regressão dos mínimos quadrados parciais (PLS) e
seleção de variáveis por algoritmos genéticos (GA-PLS) e SVM. Por outro lado, os
melhores resultados para predição de COS foram obtidos utilizando-se SVM. Por fim,
os métodos desenvolvidos e validados são uma alternativa rápida e de baixo custo
para avaliação qualitativa e quantitativa de solos tropicais sob diferentes condições
climáticas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1650957 - CLAUDETE FERNANDES PEREIRA
Externa à Instituição - ISABELLE MORAES AMORIM VIEGAS
Externo à Instituição - YURI JACQUES AGRA BEZERRA DA SILVA
Notícia cadastrada em: 25/05/2022 15:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02