Banca de DEFESA: VANESSA FERREIRA DA CRUZ DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VANESSA FERREIRA DA CRUZ DOS SANTOS
DATA : 17/06/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Defesa remota
TÍTULO:

Complexos de Európio(III) com Diferentes Ligantes: Novas Rotas Sintéticas, Aspectos Termodinâmicos e Propriedades de Luminescência


PALAVRAS-CHAVES:

Európio; Termodinâmica; Luminescência; Líquidos Iônicos


PÁGINAS: 118
RESUMO:

 

Inicialmente foram realizados estudos sobre estratégias sintéticas de complexos de
európio (III) e de suas propriedades de luminescência. Cálculos computacionais com o
modelo RM1, foram realizados com o intuito de compreender melhor os mecanismos
destas sínteses. A partir disto, foram obtidos dados sobre propriedades termodinâmicas
para um conjunto de possibilidades de reações químicas associado a duas sínteses do
tipo one pot para a preparação dos seguintes complexos de európio (III):
[Eu(DBM)(BTFA)(TTA)(FEN) e [Eu(DBM)(BTFA)(TTA)(BIPI)]. Nesta parte da tese,
com os resultados dos cálculos RM1, foram estabelecidas duas séries de ligantes em
termos de suas capacidades relativas de deslocamento crescente em reações de
substituição, foram elas: i) DBM>BTFA>TTA e ii) (TPPO, TPPO)>BIPI>FEN>(PTSO,
PTSO)>(DBSO, DBSO)>TPPO>PTSO>DBSO>H2O. Este estudo resultou em uma
publicação. Na sequência, foi otimizada por micro-ondas, a síntese dos complexos do
tipo [Eu(X, FA,TTA)(FEN)] e [Eu(X, BTFA,TTA)(BIPI)], onde o X é Clou íon
NO3
-
ou DBM. Além disso, foram realizados estudos das propriedades de luminescência
destes complexos. Os dados fotofísicos sugeriram que há uma maior rigidez do ligante
fenantrolina em comparação com a bipiridina, o que contribuiu para maiores valores da
eficiência quântica dos complexos contendo a fenantrolina como ligante.
Posteriormente, preparamos líquidos iônicos (LI), BMIm[Eu(-dic)4], a partir de
complexos tetrakis de európio com ligantes beta-dicetonatos (-dic), do tipo K[Eu(-
dic)4], via duas metodologias sintéticas. Foram sintetizados, um total de oito compostos,
sendo quatro complexos tetrakis e quatro líquidos iônicos, cujas estruturas foram
caracterizadas por: espectroscopia de Infravermelho; espectroscopia de RMN de 1H;
espectroscopia de RMN de 19F, e análise elementar; tiveram ainda as massas de seus
íons moleculares detectadas por espectrometria de massa MALDI-TOF. Os resultados
revelaram que todos os líquidos iônicos tiveram os valores de eficiência quântica
intensificados, em média 41%, em comparação com seus respectivos complexos
quaternários de európio(III) de origem. Os resultados também mostraram que a
mudança no contra-íon parece afetar de forma bastante intensa os processos não
radiativos, onde verificamos que o valor médio de Anrad para os complexos K[Eu(-
dic)4] foi de 1274 s-1
enquanto o valor médio de Anrad para os seus correspondentes
líquidos iônicos, BMIm[Eu(-dic)4] foi de 811 s-1
, ou seja, houve uma diminuição, o
que deve ter levado à intensificação da eficiência quântica de emissão.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 2318856 - DANIELA MARIA DO AMARAL FERRAZ NAVARRO
Externo ao Programa - 2215007 - FERNANDO HALLWASS
Interna - 2174335 - IVANI MALVESTITI
Externa ao Programa - 2053365 - JULIANA ANGEIRAS BATISTA DA SILVA
Presidente - 1130509 - SIMONE MARIA DA CRUZ GONCALVES
Notícia cadastrada em: 19/05/2022 11:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02