PPGAR PROGRAMA DE POS-GRADUACAO EM ARQUEOLOGIA - CFCH DEPARTAMENTO DE ARQUEOLOGIA - CFCH Telefone/Ramal: 98630-3666

Banca de DEFESA: ANDERSON DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANDERSON DA SILVA
DATA : 20/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

O ESTUDO DA RELAÇÃO FUNÇÃO E USO REAL DE VASILHAMES CERÂMICOS ARQUEOLÓGICOS E SEUS MARCADORES: O SÍTIO SÃO BENTO DE JAGUARIBE-PE


PALAVRAS-CHAVES:

Arqueologia da alimentação. Cerâmica. Uso e função. Cromatografia gasosa. Biomarcadores.


PÁGINAS: 148
RESUMO:

O presente trabalho traz uma discussão aprofundada sobre a relação, uso e função, em vasilhames cerâmicos arqueológicos a partir de uma abordagem processual. A escolha do Sítio São Bento, como o objeto de estudo, retoma a importância do local e a necessidade de contribuir a respeito do conhecimento dos vestígios cerâmicos provindo do local, assim como também, ele foi escolhido dentre os demais sítios por conta da historicidade do mesmo. Para a realização do trabalho. Ele foi dividido em duas fases, a primeira composta da seleção inicial do material referente ao sítio, foram escolhidos 39 fragmentos, onde foram feitas análises tipológicas e reconstruções morfológicas para atribuirmos uma determinada função aos vestígios, nestes fragmentos, também foram observadas as marcas de uso. Na segunda fase foram escolhidos dez fragmentos cerâmicos, neles se deu a preparação para análise cromatográfica gasosa a um espectrômetro de massa acoplada para identificação dos biomarcadores referentes ao vasilhame analisado. Na primeira etapa verificamos a morfologia e as características tecnológicas de cada fragmento. Foi observado uma predominância de uma pasta plástica é uma manufatura torneada, assim como também, as dimensões encontradas da borda, bojo e base indicam presença de 3 grupos distintos de vestígios, os dois primeiros grupos tinham a função de preparar alimentos, cozer e assar respectivamente, e por fim o terceiro grupo para acondicionamento. A respeito dos dados das marcas de uso, os vestígios foram trabalhados a partir de suas duas faces, buscando traços de uso perceptíveis visualmente, foi observado uma concentração de fuligem e marcas de atrito com o corpo cerâmico o que significa uma possibilidade de uso dos vestígios, as quais seriam a cocção, assar e armazenar o alimento. Na segunda etapa, foi possível analisar 10 amostras com ao menos 1 exemplar de cada grupo, dos já citados, foram encontrados vestígios e traços orgânicos em 6 amostras que ainda não foram associados a algum alimento, pelo fato, de ser necessários ajustes na metodologia de extração do material orgânico. Em relação ao nosso questionamento inicial de uso e função podemos dizer que eles estão intimamente ligados visto que a função desencadeia o uso e a possibilidade de várias funções trazem várias outras possibilidades de uso, como por exemplo, um vasilhame que foi manufaturado para cocção de um alimento, em um contexto de cozinha, pode ser usado para armazenar outros objetos, em um contexto ritualístico. A representação técnica dá a forma para sanar as necessidades do ser humano, o qual atribui uma função inicial ou pretendida ao objeto e após a criação do mesmo, ele pode ser usado para cumprir a função que foi fabricado ou o uso dele pode ser variado em relação a necessidade.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 041.120.303-71 - ANDRE LUIZ CAMPELO DOS SANTOS - UFPE
Presidente - 1672925 - HENRY SOCRATES LAVALLE SULLASI
Externa à Instituição - SUZENE IZIDIO DA SILVA
Notícia cadastrada em: 18/09/2021 12:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02