Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFPE

2022
Dissertações
1
  • TATIANE FONSECA DA SILVA
  • SEQUÊNCIA DIDÁTICA E USO DE FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS DIGITAIS COMO INSTRUMENTOS PEDAGÓGICOS NO ENSINO DE VIROSES E MÉTODOS DE PREVENÇÃO

  • Orientador : ISABELLA MACARIO FERRO CAVALCANTI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABIO MARCEL DA SILVA SANTOS
  • ISABELLA MACARIO FERRO CAVALCANTI
  • KENIO ERITHON CAVALCANTE LIMA
  • Data: 15/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • As doenças virais têm representado um risco a saúde pública, principalmente as de veiculação respiratória, sendo considerado um dos principais responsáveis pela demando a serviços de saúde devido ao seu poder de disseminação e letalidade. Portanto, o ensino de virologia deve ser abordado no ensino de Biologia, de modo a promover saberes necessários a prevenção destas enfermidades. Desta forma, o objetivo desta pesquisa foi desenvolver uma sequência didática utilizando ferramentas tecnológicas digitais como instrumentos pedagógicos para o ensino de doenças virais e métodos de prevenção. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com dados coletados por meio de questionários semiestruturados, aplicada com os estudantes do 2º ano do ensino médio de uma Escola Técnica Estadual, que possibilitou a compreensão do processo de ensino aprendizagem de saberes significativos para prevenção de viroses diante da inclusão de ferramentas tecnológicas digitais associadas a uma abordagem investigativa. Para tal, foi elaborada e aplicada uma sequência didática que ocorreu em 5 momentos, totalizando 6 aulas, tendo início com a exposição do problema que resultou em um debate com uso da técnica de Brainstorm, abordando as concepções prévias dos estudantes sobre o tema, seguindo da apropriação de conceitos a partir da articulação de equipes para pesquisa, análise de Fake News e sistematização do conhecimento através da divulgação dos produtos das pesquisas, que culminou com a produção de um protótipo de App, pelos próprios estudantes, abordando os métodos preventivos para doenças virais. Quanto aos resultados, observa-se que esta SD favoreceu a alfabetização científica dos estudantes relacionada ao tema proposto e pode ser evidenciada no despertar das competências e habilidades apresentadas pelos estudantes, tais como: reflexão crítica, oralidade, argumentação e uso de conceitos científicos. Além do mais a inclusão das ferramentas tecnológicas mostrasse uma excelente ferramenta pedagógica e motivacional no ensino de viroses, uma vez que, aproxima a cultura digital ao processo educativo. Desta forma, devemos enfatizar que por meio das atividades investigativas os estudantes passaram a desenvolver o raciocínio científico que poderá refletir em atitudes coerentes na prevenção de viroses e para melhoria na qualidade de vida.


  • Mostrar Abstract
  • As doenças virais tem representado um risco a saúde pública, principalmente as de veiculação respiratória, devido ao seu poder de propagação, sendo considerado um dos principais responsáveis pela demando a serviços de saúde. Além das doenças virais respiratórias conhecidas, ressaltamos o surgimento dos novos vírus, é o caso do vírus (SARS-CoV-2), causador da Síndrome Respiratória Grave conhecida como COVID-19, que vem mobilizando órgãos Nacionais e Internacionais devido ao seu poder de disseminação e letalidade. Assim, o ensino de virologia deve ser abordado significativamente no ensino de Biologia, de modo a promover saberes necessários a prevenção destas enfermidades. Desta forma, o objetivo desta pesquisa é analisar como uma sequência didática que inclua linguagens e ferramentas tecnológicas como instrumentos pedagógicos, pode colaborar para motivação dos estudantes na busca do conhecimento e nas aprendizagens atitudinais para prevenção de viroses. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com dados coletados por meio de questionários semiestruturados a serem aplicados com os estudantes do 2º ano do ensino médio e professores de uma Escola Técnica Estadual, que possibilitará a compreensão do processo de ensino aprendizagem e das estratégias evidenciadas nas práticas docentes, para apropriação de saberes para prevenção de viroses. A pesquisa é fundamentada na elaboração e aplicação de uma sequência didática utilizando ferramentas tecnológicas composta por: exposição do problema seguida de debate que aborde as concepções prévias dos estudantes sobre o tema, articulação de equipes para pesquisa, análise de fake News e produção, pelos próprios estudantes, de um aplicativo móvel abordando os métodos preventivos para doenças virais.

2
  • ELIS CARLA DE MOURA LIMA
  • A IMPORTÂNCIA MÉDICA E ECOLÓGICA DOS QUELICERADOS: UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA BASEADA NO ENSINO POR INVESTIGAÇÃO PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

  • Orientador : JEANNE CLAINE DE ALBUQUERQUE MODESTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERIKA MARIA SILVA FREITAS
  • JEANNE CLAINE DE ALBUQUERQUE MODESTO
  • SUZANE BEZERRA DE FRANCA
  • Data: 22/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo objetivou desenvolver uma Sequência Didática baseada no Ensino Investigativo, sobre a importância médica e ecológica dos quelicerados e avaliar a aplicabilidade dessa ferramenta no processo de ensino-aprendizagem. A investigação contou com a colaboração de 20 estudantes da 3a série do Ensino Médio de uma escola pública em Pernambuco. Para coleta de dados utilizou-se um questionário diagnóstico antes da intervenção escolar, bem como foi feita a análise dos resultados das avaliações dos discentes realizadas durante a vivência da SD. Ao final da intervenção foi respondido um questionário que visava uma autoavaliação, e uma avaliação da proposta pedagógica vivenciada, com o objetivo de refletir sobre as potencialidades e dificuldades da estratégia, a partir do ponto de vista dos participantes. Verificou-se que os conhecimentos acerca da temática proposta precisavam ser ressignificados, e, após a vivência da SD, foi demonstrado que houve compreensão dos conceitos conceituais, procedimentais e atitudinais. Na autoavaliação, os estudantes declararam que participaram ativamente das atividades, e como dificuldades apontadas, dentre aquelas de maior destaque, está a administração do tempo necessário para aulas com caráter investigativo, já que demandam um tempo maior para sua conclusão, do que uma aula expositiva. Como potencialidade, a utilização de técnicas científicas foi citada como estratégia de facilitação da aprendizagem. A partir de estudo vivenciado, ficou claro que se trata de uma estratégia que coloca o estudante no centro do processo de aprendizagem.

     


  • Mostrar Abstract
  • O Ensino por Investigação é uma abordagem didática que permite trazer ferramentas da cultura científica à cultura escolar. Essa proposta visa desenvolver nos estudantes habilidades, como: saber expor e defender ideias; trabalhar em equipe buscando soluções para problemas com autonomia e protagonismo, superando o ensino transmissivo e passivo. O presente estudo tem como objetivo utilizar a Sequência Didática (SD) como ferramenta pedagógica para planejar uma intervenção escolar baseada no Ensino Investigativo, versando sobre a importância médica e ecológica dos quelicerados e com o propósito de orientar a produção de material paradidático elaborado pelos estudantes envolvidos. A partir dessa vivência, serão identificadas as potencialidades e dificuldades da estratégia investigada como um produto pedagógico a ser aplicado e replicado por outros professores. Como participantes, a investigação visa contar com a colaboração de estudantes da 3ª série do Ensino Médio de uma escola pública em Pernambuco, onde a autora da presente proposta leciona. Para a realização do estudo, serão aplicados questionários antes e após o emprego da SD, bem como será feita a análise dos resultados das avaliações dos discentes e, além disso, será utilizado o diário de campo para fazer anotações de fatos observados durante a investigação. Com isso, espera-se que a aprendizagem dos estudantes possa ser pautada em discussões e práticas, revelando-os como membros ativos de uma sociedade na qual podem colaborar com a melhoria da qualidade de vida, individual e coletiva, pois os invertebrados estudados estão relacionados à saúde pública. Ademais, espera-se também contribuir para a compreensão de que todos os seres vivos desempenham relevantes papéis no meio ambiente.

3
  • IGOR VINICIUS PEREIRA CUNHA
  • SEQUÊNCIA DIDÁTICA INVESTIGATIVA PARA O ENSINO DE EVOLUÇÃO BIOLÓGICA COM PRODUÇÃO DE PODCASTS: UMA ABORDAGEM A PARTIR DE OBRAS CINEMATOGRÁFICAS

  • Orientador : RICARDO FERREIRA DAS NEVES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ERNANI NUNES RIBEIRO
  • RICARDO FERREIRA DAS NEVES
  • TALITA GISELLY DOS SANTOS SOUZA
  • Data: 28/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este projeto objetiva avaliar a aplicação de uma Sequência Didática para estudantes do ensino médio mediante a produção de podcasts, com abordagem de conteúdos de Evolução presentes em obras cinematográficas. Alguns filmes representam um recurso de apoio as aulas na educação básica e superior, pois podem abordar temáticas relacionados a ciência como a Evolução Biológica, conteúdo é de significativa importância para a compreensão dos aspectos biológicos e evolutivos das espécies, apresentando eventos em curto espaço de tempo e assim, potencializar as discussões em sala de aula, contribuindo com a aprendizagem dos estudantes. Diante disso, considerando a maciça presença das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC), essa temática pode ser melhor compreendida através da produção e execução de podcasts. Essa ferramenta pode favorecer o acesso ao desenvolvimento técnico e tecnológico, estimular o desenvolvimento de habilidades comunicacionais e contribuindo com o ensino e a aprendizagem de conteúdos formais. A pesquisa envolveu uma abordagem qualitativa e quantitativa, decampo e e do tipo descritiva, cuja coleta de dados correrá através de um questionário (pré e pós teste), seguida de análise problematizadora dos filmes e a produção do podcast sobre o conteúdo de evolução biológica em filmes, com análise a partir da Hermenêutica-Dialética de Minayo. A aplicação da proposta contou com a participação de um total de 18 estudantes, que ao final produziram 2 programas no formato de podcast sobre os conteúdos desses filmes. Observou-se nos resultados, principalmente desvios conceituais nas concepções prévias dos estudantes, tendendo para uma visão mais voltada para o lamarckismo. Ao final percebeu-se uma que durante a sequência foi possível ocorrer a aprendizagem acerca de conceitos importantes, como no caso da seleção natural, mostrando a contribuição do uso dos filmes e de uma abordagem investigativa no ensino da evolução biológica.


  • Mostrar Abstract
  • O projeto objetiva avaliar a aplicação de uma Sequência Didática para estudantes do ensino médio mediante a produção de Podcasts, com abordagem de conteúdos de Evolução presentes em obras cinematográficas. Alguns filmes representam um recurso de apoio as aulas na educação básica e superior, pois podem abordar temáticas relacionados a ciência como a Evolução Biológica, conteúdo é de significativa importância para a compreensão dos aspectos biológicos e evolutivos das espécies, apresentando eventos em curto espaço de tempo e assim, potencializar as discussões em sala de aula, contribuindo com a aprendizagem dos estudantes. Diante disso, considerando a maciça presença das Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC), essa temática pode ser melhor compreendida através da produção e execução de Podcasts. Essa ferramenta pode favorecer o acesso ao desenvolvimento técnico e tecnológico, estimular o desenvolvimento de habilidades comunicacionais e contribuindo com o ensino e a aprendizagem de conteúdos formais. A pesquisa envolverá uma abordagem qualitativa e quantitativa, do tipo campo e descritiva, cuja coleta de dados correrá através de um questionário (pré e pós teste), o uso do diário de bordo e a produção do Podcast sobre o conteúdo de evolução biológica em filmes, com análise a partir da Hermenêutica-Dialética de Minayo.

4
  • DIEGO RAFAEL FERREIRA DE OLIVEIRA
  • PRIMEIROS SOCORROS COM ÊNFASE NO PROTAGONISMO DISCENTE: UMA PROPOSTA DE ENSINO POR INVESTIGAÇÃO NA ABORDAGEM DE CONTEÚDOS DE BIOLOGIA E SAÚDE NO ENSINO MÉDIO

  • Orientador : SILVANA GONCALVES BRITO DE ARRUDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILO DE CARVALHO LEANDRO
  • RENE DUARTE MARTINS
  • SILVANA GONCALVES BRITO DE ARRUDA
  • Data: 04/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • Observar fenômenos, levantar questionamentos, testar hipóteses, sistematizar informações. São nesses pontos que o professor poderá organizar atividades tendo como referência o Ensino de Biologia por Investigação. Dessa forma, objetivou-se desenvolver o protagonismo discente em uma proposta de ensino por investigação para abordagem do conteúdo Primeiros Socorros (PS) na disciplina de Biologia. Diante disso, este trabalho trata-se de um estudo descritivo, longitudinal, de natureza aplicada, com abordagem qualitativa e quantitativa. Quanto à fundamentação teórico-metodológica para a construção da Sequência de Ensino Investigativa (SEI) utilizamos Carvalho (2019). Os dados obtidos foram examinados através de alguns princípios da análise de conteúdo de Bardin (2016). Devido à realidade pandêmica, participaram desta ação vinte estudantes do terceiro ano do ensino médio de uma escola em tempo integral do agreste pernambucano. Os encontros para aplicação da SEI aconteceram nas aulas de Biologia, perfazendo um total de seis horas/aulas. Foram abordados conceitos bioquímicos, anatômicos e fisiológicos, através de situações problemas envolvendo temas geradores em PS: 1- Desmaio; 2- Escoriação, entorse, luxação, fratura; 3- Engasgo; 4- Hemorragia. A SEI foi subdividida em seis etapas: I- Apresentação do projeto (uma aula); II- Construção de competências em pesquisa científica (extraclasse); III- Mapeamento dos saberes prévios dos alunos via situações problemas (duas aulas); IV- Orientação para construção do Plano de Pesquisa (PP) e divisão em quatro equipes (uma aula); V- Apresentação e coleta de dados da atividade investigativa: “Socorrista por um dia: uma combinação do lúdico com o científico” (duas aulas); VI - Elaboração do Relatório Científico (RC) e participação em congresso (extraclasse). Durante o levantamento dos conhecimentos prévios observamos que 90% dos alunos vivenciaram casos de queimadura e corte, além de apresentar conhecimento limitado quanto ao atendimento em casos de hemorragia nasal e também sua associação com o conteúdo de biologia. Ademais, as equipes construíram e apresentaram dez questões no formato Fato x Fake e materiais lúdicos (um por grupo): entrevista fictícia, cordel, peça teatral e caso clínico (de acordo com os temas geradores citados anteriormente). Quanto a avaliação do PP e no RC, três equipes conseguiram a classificação “muito boa” nos critérios avaliados. Em relação a apresentação e coleta de dados da atividade investigativa, duas equipes foram avaliadas como “muito boa” em todos os critérios estabelecidos. Por fim, na comunicação oral do congresso, três equipes conseguiram a classificação “muito boa” nos parâmetros analisados. Competências Gerais da Base Nacional Comum Curricular foram trabalhadas nesta SEI, a exemplo: o pensamento científico, crítico e criativo; a argumentação; o conhecimento, dentre outras. Este trabalho possibilitou a construção de novas práticas pedagógicas centradas na autonomia e no protagonismo discente através de temas que se inter-relacionam: biologia, primeiros socorros e saúde. Importante oportunidade para desenvolver saberes conceituais, procedimentais e atitudinais via Sequência de Ensino Investigativa.


  • Mostrar Abstract
  • Observar fenômenos, levantar questionamentos, testar hipóteses, sistematizar informações. São nesses pontos que o professor poderá organizar atividades tendo como referência o Ensino de Biologia por Investigação. Dessa forma, objetivou-se desenvolver o protagonismo discente em uma proposta de ensino por investigação para abordagem do conteúdo Primeiros Socorros (PS) na disciplina de Biologia. Diante disso, este trabalho trata-se de um estudo descritivo, longitudinal, de natureza aplicada, com abordagem qualitativa e quantitativa. Quanto à fundamentação teórico-metodológica para a construção da Sequência de Ensino Investigativa (SEI) utilizamos Carvalho (2019). Os dados obtidos foram examinados através de alguns princípios da análise de conteúdo de Bardin (2016). Devido à realidade pandêmica, participaram desta ação vinte estudantes do terceiro ano do ensino médio de uma escola em tempo integral do agreste pernambucano. Os encontros para aplicação da SEI aconteceram nas aulas de Biologia, perfazendo um total de seis horas/aulas. Foram abordados conceitos bioquímicos, anatômicos e fisiológicos, através de situações problemas envolvendo temas geradores em PS: 1- Desmaio; 2- Escoriação, entorse, luxação, fratura; 3- Engasgo; 4- Hemorragia. A SEI foi subdividida em seis etapas: I- Apresentação do projeto (uma aula); II- Construção de competências em pesquisa científica (extraclasse); III- Mapeamento dos saberes prévios dos alunos via situações problemas (duas aulas); IV- Orientação para construção do Plano de Pesquisa (PP) e divisão em quatro equipes (uma aula); V- Apresentação e coleta de dados da atividade investigativa: “Socorrista por um dia: uma combinação do lúdico com o científico” (duas aulas); VI - Elaboração do Relatório Científico (RC) e participação em congresso (extraclasse). Durante o levantamento dos conhecimentos prévios observamos que 90% dos alunos vivenciaram casos de queimadura e corte, além de apresentar conhecimento limitado quanto ao atendimento em casos de hemorragia nasal e também sua associação com o conteúdo de biologia. Ademais, as equipes construíram e apresentaram dez questões no formato Fato x Fake e materiais lúdicos (um por grupo): entrevista fictícia, cordel, peça teatral e caso clínico (de acordo com os temas geradores citados anteriormente). Quanto a avaliação do PP e no RC, três equipes conseguiram a classificação “muito boa” nos critérios avaliados. Em relação a apresentação e coleta de dados da atividade investigativa, duas equipes foram avaliadas como “muito boa” em todos os critérios estabelecidos. Por fim, na comunicação oral do congresso, três equipes conseguiram a classificação “muito boa” nos parâmetros analisados. Competências Gerais da Base Nacional Comum Curricular foram trabalhadas nesta SEI, a exemplo: o pensamento científico, crítico e criativo; a argumentação; o conhecimento, dentre outras. Este trabalho possibilitou a construção de novas práticas pedagógicas centradas na autonomia e no protagonismo discente através de temas que se inter-relacionam: biologia, primeiros socorros e saúde. Importante oportunidade para desenvolver saberes conceituais, procedimentais e atitudinais via Sequência de Ensino Investigativa.

5
  • DANILLO SIPRIANO DO NASCIMENTO
  • ELABORAÇÃO DE PODCASTS COMO FERRAMENTA DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA CONTRA FAKE NEWS SOBRE VACINAS: VALIDAÇÃO DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO

  • Orientador : KENIO ERITHON CAVALCANTE LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • HILTON MARCELO DE LIMA SOUZA
  • KENIO ERITHON CAVALCANTE LIMA
  • SIMAO DIAS DE VASCONCELOS FILHO
  • Data: 11/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • O reconhecimento das vacinas como imunizantes é essencial à manutenção da saúde das pessoas, o que nos fez exemplificar a importância da relação entre educação, saúde, vacinas, os meios de comunicação e as mídias sociais para estimularmos o desenvolvimento do senso crítico dos discentes. Por objetivo, validamos uma sequência didática relacionada às Fake News e às vacinas com o desenvolvimento de estratégias à construção e aplicação de podcasts com finalidade educacional junto a estudantes do terceiro ano do ensino médio. Utilizamos de várias estratégias nas intervenções aplicadas na sequência didática, organizadas em sete etapas, envolvendo ensino por investigação e metodologias ativas como: resolução de questões problemas, elaboração de hipóteses, exposição de mídias audiovisuais, rodas de conversa, elaboração de roteiros, produção e divulgação de podcasts. Os resultados das intervenções nos mostraram que alguns estudantes sentiram bastante dificuldade em distinguir termos científicos da Biologia, compreender os mecanismos imunológicos que envolvem esse processo de imunização e saber identificar e utilizar uma fonte de informação segura. Após as vivências, constatamos a evolução dos estudantes ao desenvolverem diversas habilidades, tais como: compreender os conceitos básicos que envolvem os mecanismos de defesa, criar analogias acerca desses mecanismos, reconhecer a importância das vacinas, desenvolver atividades de disseminação do conhecimento científico, aperfeiçoar a capacidade investigativa, dentre outros, o que nos faz concluir que a Sequência Didática estimulou autonomia e apropriação de conhecimentos científicos e uma aprendizagem mais efetiva.


  • Mostrar Abstract
  • O reconhecimento das vacinas como imunizantes é essencial à manutenção da saúde das pessoas, o que nos fez exemplificar a importância da relação entre educação, saúde, vacinas, os meios de comunicação e as mídias sociais para estimularmos o desenvolvimento do senso crítico dos discentes. Por objetivo, validamos uma sequência didática relacionada às Fake News e às vacinas com o desenvolvimento de estratégias à construção e aplicação de podcasts com finalidade educacional junto a estudantes do terceiro ano do ensino médio. Utilizamos de várias estratégias nas intervenções aplicadas na sequência didática, organizadas em sete etapas, envolvendo ensino por investigação e metodologias ativas como: resolução de questões problemas, elaboração de hipóteses, exposição de mídias audiovisuais, rodas de conversa, elaboração de roteiros, produção e divulgação de podcasts. Os resultados das intervenções nos mostraram que alguns estudantes sentiram bastante dificuldade em distinguir termos científicos da Biologia, compreender os mecanismos imunológicos que envolvem esse processo de imunização e saber identificar e utilizar uma fonte de informação segura. Após as vivências, constatamos a evolução dos estudantes ao desenvolverem diversas habilidades, tais como: compreender os conceitos básicos que envolvem os mecanismos de defesa, criar analogias acerca desses mecanismos, reconhecer a importância das vacinas, desenvolver atividades de disseminação do conhecimento científico, aperfeiçoar a capacidade investigativa, dentre outros, o que nos faz concluir que a Sequência Didática estimulou autonomia e apropriação de conhecimentos científicos e uma aprendizagem mais efetiva.

6
  • MARIA SANTA SIMPLICIO DA SILVA
  • BRINCANDO COM AS ORGANELAS: CONSTRUÇÃO E APLICAÇÃO DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA ENVOLVENDO JOGO DE TABULEIRO PARA O ENSINO DE BIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO

  • Orientador : ERIKA MARIA SILVA FREITAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANO APARECIDO CHAGAS
  • ERIKA MARIA SILVA FREITAS
  • SUZANE BEZERRA DE FRANCA
  • Data: 20/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • Sequências Didáticas (SDs) facilitam o trabalho docente auxiliando estudantes a aprenderem o que está sendo construído e ressignificado. O lúdico é uma opção para motivá-los à sede de aprender, já que a escola acaba sendo difundida entre adolescentes, como monótona e cansativa. O estudo das estruturas celulares é um tema na qual se pode trabalhar tais atividades, visto que é considerado abstrato e complexo. Desse modo, esse trabalho teve como objetivo geral construir uma sequência didática e analisar sua contribuição para aprendizagem de estudantes do ensino médio sobre o conteúdo de Biologia Celular mediante o uso de jogos de tabuleiro “brincando com as organelas”. Foram aplicadas atividades investigativas numa SD com uso de plataformas digitais para construção e aplicação de jogos de tabuleiro pelos estudantes com o tema proposto. Para coleta de dados foi utilizado um diário de campo e a análise da SD foi realizada através da análise qualitativa de discurso do sujeito coletivo de Lefevre e Lefevre. Os resultados demonstraram que a SD foi satisfatória, contribuindo para os aspectos conceituais, atitudinais e procedimentais no processo de ensino-aprendizagem dos envolvidos, visto que em todos os critérios analisados os níveis oscilaram entre “bom” e “excelente”. Com isso, espera-se que esse trabalho contribua para o ensino-aprendizagem de Biologia Celular no Ensino Médio e que incentive mais pesquisas voltadas para o uso de jogos em SDs com abordagem investigativa na área.


  • Mostrar Abstract
  • O ensino de Biologia pode ser desafiador para professores, havendo necessidade de buscar alternativas para que a Biologia seja melhor compreendida e presente no cotidiano discente. Uma alternativa, que está ganhando espaço para superar esses desafios, são as Sequências Didáticas (SD) que facilitam o trabalho docente, ajudando os estudantes a aprenderem com maior ímpeto o que está sendo construído e transmitido. O lúdico dentro das SDs é uma ótima opção para motivar os estudantes à sede de aprender, já que a escola, muitas vezes, é difundida entre crianças e adolescentes como monótona, cansativa e rigorosa. O estudo das estruturas celulares é um dos conteúdos de Biologia, na qual se pode trabalhar tais atividades, visto que é considerado abstrato e complexo pelos estudantes. Por isso, justifica-se este trabalho que tem como objetivo geral aplicar uma sequência didática que envolva jogos de tabuleiro como estratégia pedagógica para o ensino de Citologia com o intuito de despertar o senso investigativo nos estudantes do 1o ano do ensino médio da rede pública e uma melhor compreensão sobre a célula e suas organelas. Para isso, serão aplicadas atividades investigativas numa SD, que envolverão leitura de textos científicos, rodas de conversa, “nuvem de palavras”, e a construção e aplicação de jogos de tabuleiro a partir de investigação e contextualização com os principais componentes celulares. Para coleta de dados será utilizado um diário de campo, na qual será observado a eficácia da sequência didática através da análise qualitativa de discurso do sujeito coletivo de Lefevre e Lefevre (2005).

2021
Dissertações
1
  • WANEZA WALERIA PEREIRA DE ARAUJO
  • HISTÓRIAS EM QUADRINHO: CRIAÇÃO E APLICAÇÃO NA DISCUSSÃO DA ORIGEM DA VIDA

  • Orientador : CRISTIANO APARECIDO CHAGAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANO APARECIDO CHAGAS
  • KENIO ERITHON CAVALCANTE LIMA
  • MONICA BUCCIARELLI RODRIGUEZ
  • Data: 29/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • O ensino da Biologia apresenta uma série de dificuldades a serem enfrentadas pelos professores diariamente, sobretudo quando se refere a conteúdos que envolvem conflitos religiosos, e ainda maiores quando se relacionam à compreensão do método científico. A Origem da Vida se enquadra nesses termos, exigindo novas estratégias e recursos que aproxime o conhecimento científico dos estudantes, recurso esse, que diminua o impacto na abordagem e que favoreça a transmissão de ideias de forma mais direta, tal como as Histórias em quadrinho (HQ). Com isso, este estudo teve como objetivo criar uma HQ e uma sequência didática associada para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem da história da teoria da Biogênese. Para isso, construímos uma sequência didática, pautada no protagonismo juvenil. Foi dividida em três etapas, totalizando oito horas/aula. A primeira etapa foi destinada ao levantamento conceitual dos estudantes, seguido de uma aula expositiva no sentido de aprofundar o conteúdo, bem como a apresentação da HQ construída neste trabalho. A segunda etapa, consistiu-se na exploração de conceitos e de uma oficina sobre HQ, seguida da construção das Histórias em quadrinho pelos alunos, abordando a temas da mitologia Grega, Nórdica, Egípcia, Africana e Japonesa, as quais se deram de forma interdisciplinar, colocando em prática o conhecimento adquirido a partir das pesquisas realizadas. E a terceira etapa reservou-se para a apresentação dos trabalhos construídos, bem como para apontar as relações existentes entre o conhecimento científico e o cultural (mitológico). Como resultados obtivemos uma HQ criada a mão livre, bem ilustrada fazendo uma viagem aos séculos passados, mostrando os experimentos feitos por Redi, Needham, Spallanzani e Pasteur, elucidando assim, a importância da história da ciência. Também foi construída a sequência didática, estruturada e desenvolvida seguindo os preceitos de Zabala, envolvendo um maior número de alunos, organizados em grupos, favorecendo dessa forma a interação entre eles, o desenvolvimento de diversas habilidades e a valorização de suas potencialidades. Portanto, os produtos deste TCM tiveram como perspectiva ligar o conhecimento científico ao cultural, possibilitando uma visão globalizada do aprendizado, tornando o estudo mais amplo e efetivo.


  • Mostrar Abstract
  • O ensino da Biologia apresenta uma série de dificuldades a serem enfrentadas pelos professores diariamente, sobretudo quando se refere a conteúdos que envolvem conflitos religiosos, e ainda maiores quando se relacionam à compreensão do método científico. A Origem da Vida se enquadra nesses termos, exigindo novas estratégias e recursos que aproxime o conhecimento científico dos estudantes, recurso esse, que diminua o impacto na abordagem e que favoreça a transmissão de ideias de forma mais direta, tal como as Histórias em quadrinho (HQ). Com isso, este estudo teve como objetivo criar uma HQ e uma sequência didática associada para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem da história da teoria da Biogênese. Para isso, construímos uma sequência didática, pautada no protagonismo juvenil. Foi dividida em três etapas, totalizando oito horas/aula. A primeira etapa foi destinada ao levantamento conceitual dos estudantes, seguido de uma aula expositiva no sentido de aprofundar o conteúdo, bem como a apresentação da HQ construída neste trabalho. A segunda etapa, consistiu-se na exploração de conceitos e de uma oficina sobre HQ, seguida da construção das Histórias em quadrinho pelos alunos, abordando a temas da mitologia Grega, Nórdica, Egípcia, Africana e Japonesa, as quais se deram de forma interdisciplinar, colocando em prática o conhecimento adquirido a partir das pesquisas realizadas. E a terceira etapa reservou-se para a apresentação dos trabalhos construídos, bem como para apontar as relações existentes entre o conhecimento científico e o cultural (mitológico). Como resultados obtivemos uma HQ criada a mão livre, bem ilustrada fazendo uma viagem aos séculos passados, mostrando os experimentos feitos por Redi, Needham, Spallanzani e Pasteur, elucidando assim, a importância da história da ciência. Também foi construída a sequência didática, estruturada e desenvolvida seguindo os preceitos de Zabala, envolvendo um maior número de alunos, organizados em grupos, favorecendo dessa forma a interação entre eles, o desenvolvimento de diversas habilidades e a valorização de suas potencialidades. Portanto, os produtos deste TCM tiveram como perspectiva ligar o conhecimento científico ao cultural, possibilitando uma visão globalizada do aprendizado, tornando o estudo mais amplo e efetivo.

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação (STI-UFPE) - (81) 2126-7777 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa02.ufpe.br.sigaa02